Para celebrar a passagem do Dia dos Pais, comemorado no último domingo, dia 12 de agosto, o Núcleo de Desenvolvimento e Recursos Humanos da Sema (Nuderh) preparou uma terça-feira diferente para os seus servidores. Hoje (14), eles tiveram um momento para confraternizarem entre si com a participação especial dos artistas Jotinha e Jotão.

“Apesar da ausência do meu pai, que é meu maior exemplo, passei o Dia dos Pais confortado pelo amor dos meus filhos e netos”, compartilhou Joaquim Hilário da Rocha, controlador da Central de Licitações da Sema. As palavras do servidor foram endossadas pelo secretário executivo da Secretaria, Franzé Chaves, que aproveitou o momento para destacar a importância dos pais. “Pai é um herói, é uma referência para nos mantermos firmes, caminhando numa estrada reta, de exemplo para os filhos”, disse.

Já o secretário de Administração e Recursos Humanos, Francisco Canindé, parabenizou todos os pais servidores e ressaltou a importância de momentos como o desta manhã para comemorar e sair um pouco da rotina. “Trouxemos o Jotinha e Jotão para animar este encontro e ser um presente nesta data. Já assisti a outras apresentações deles e fico muito feliz em poder tê-los aqui”, completou.

Apresentação

Com mais de 30 anos de carreira, Jotinha e Jotão apresentaram uma série de emboladas e repentes que arrancaram sorrisos dos servidores ao brincar com o dia a dia da população. “São mais de 30 anos batendo pandeiro e levando repente e alegria para as pessoas, e fazendo a nossa alegria também, porque fazemos com muito amor e dedicação”, disse Jotão.

O artista lembra que as apresentações começaram com os três irmãos, Jota, Jotinha e Jotão, que ganharam repercussão nacional. Mas hoje, Jota voltou a morar em Russas, no Ceará, e está trabalhando com um grupo de forró. “E nós estamos aqui, sobrevivendo com a arte, levando esse trabalho. Graças a Deus, essas parcerias têm dado certo e a gente fica muito feliz quando somos convidados a participar de eventos dessa natureza, quando a gente leva nosso trabalho a pessoas que não têm oportunidade de ver a gente em outros locais, pois fazemos shows fora do Estado e, aqui em Teresina, fazemos mais shows particulares”, conta.

A atração musical foi cedida através de parceria da Sema com a Fundação Cultural Monsenhor Chaves.