Os cuidados com a saúde do homem foram o tema de uma roda de conversa, intermediada por profissionais do Hospital da Primavera, com os servidores da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema). O evento aconteceu na manhã desta sexta-feira (23) e contou com a participação do médico andrologista e nutrólogo, Carlos Henrique Ferreira, e do educador físico André Ferreira de Andrade Silva.

Diante de uma plateia mista, o andrologista Carlos Henrique destacou a importância da prevenção de doenças ao longo de toda a vida e da necessidade de desmitificar essa cultura de resistência com relação à ajuda médica. “Cada faixa etária apresenta doenças urológicas específicas e que precisam ser acompanhadas por um médico. Esse negócio de me consultei com meu vizinho ou com o Google nunca dá certo. Cada pessoa é uma pessoa”, destacou.

O câncer de próstata também recebeu atenção especial no encontro. O médico orientou a necessidade de estar atento à patologia a partir dos 40 anos. “O câncer de próstata não apresenta sintomas no seu primeiro ano, daí a importância de estar realizando exames regulares, pelo menos uma vez ao ano. Neste estágio, o tratamento é simples e muito eficiente. Mas se você ficar adiando, quando resolver procurar ajuda médica, passados cinco anos, com manifestação de sintomas, já vai ser tarde demais, pois o câncer já estará em metástase”, alertou Carlos Henrique, acrescentando que situações de incontinência urinária e impotência sexual após a realização do tratamento e cirurgia não são consequências habituais.

Além do câncer de próstata, o médico destacou outras doenças comuns entre os homens como DSTs, HPV, obesidade e etc. “Por isso, é importante que você adote hábitos saudáveis ao longo de sua vida, se alimente corretamente, pratique atividades físicas e mantenha relações sexuais protegidas”, completou.

O secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, reforçou as palavras do andrologista Carlos Henrique e destacou a importância dos cuidados com a saúde do homem. “Você tem que manter seu corpo com hábitos saudáveis sempre, fazer exames regularmente, praticar atividades físicas, fazer uma higiene mental e lutar para mudar essa cultura de resistência, pois o homem é um ser humano que precisa de cuidados assim como as mulheres e crianças”, concluiu.

Para finalizar a roda de conversa, o educador físico André Ferreira realizou uma atividade física com todos os participantes e a diretora geral do Hospital da Primavera, Marlene Damasceno de Moura Fé, ressaltou a relevância da campanha Novembro Azul para a prevenção e diagnóstico precoce de doenças.