Nonato Moura assume a Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos

Servidor de carreira da Prefeitura de Teresina, Raimundo Nonato Moura Rodrigues está assumindo a Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) após a saída de Francisco Canindé, que foi para a Secretaria Municipal de Finanças (Semf).

O novo gestor, que estava como diretor executivo da Fundação Municipal de Saúde (FMS), destaca que assume o cargo na Sema com o compromisso de tornar a Administração Municipal ainda mais eficiente.

“Como gestor, nossa busca será incessante por tornar a pasta mais eficiente, dando continuidade ao trabalho que vinha sendo executado pelo Canindé e pelo Moura, anteriormente. Vamos reanalisar os contratos para avaliar onde podemos reduzir custos, assim como pretendemos melhorar os processos e as rotinas, para torná-las mais céleres, sobretudo nas licitações”, disse.

Na Prefeitura de Teresina, Nonato Moura já participou da elaboração dos planos de cargos, carreiras e salários dos servidores no período de 2006 a 2010, bem como participou da construção do Sistema de Monitoramento de Ações, Projetos e Programas (Simapp). Ele é bacharel em Administração pela Universidade Estadual do Piauí (Uespi), com mestrado em Economia pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Possui especialização em Administração Hospitalar pela Universidade de Ribeirão Preto (SP), fez curso de Formação Geral e Desenvolvimento de Altos Executivos pela Universidade de São Paulo (USP), além do curso/aperfeiçoamento em Qualidade da Educação pela Universidade de Harvard (USA). Foi diretor de Planejamento da Secretaria da Educação do Estado do Piauí (Seduc); diretor administrativo e financeiro da Secretaria Municipal de Saúde de Teresina (SMS); diretor de Recursos Humanos da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e coordenador de Monitoramento e Qualidade da Secretaria Municipal de Planejamento de Teresina (Semplan). Também é professor de Administração do Ensino Superior e já foi consultor de organizações públicas e privadas.

Missa e atividade cultural marcam o Dia do Servidor Público Municipal

Os servidores da Prefeitura de Teresina comemoraram nesta sexta-feira (26) o Dia do Servidor Público em uma manhã que começou com Missa em Ação de Graças, celebrada na Igreja Nossa Senhora do Amparo, e encerrou com atividades culturais no pátio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Presente nas atividades, o prefeito de Teresina, Firmino Filho, agradeceu a dedicação dos servidores para com a Prefeitura e com a cidade. “Agradeço a todos e todas pelo trabalho, esforço, dedicação e compromisso demonstrado por cada servidor de cada secretaria. Ao longo da nossa história, o povo teresinense já demonstrou o carinho e respeito com os nossos servidores, que contribuem diretamente para a qualidade de vida do nosso povo”, disse.

E para os anos que seguem, Firmino destacou a importância de dar continuidade a este trabalho em prol da cidade. “Agora, vamos olhar para o futuro, enfrentar os desafios com determinação e garra para sairmos mais fortalecidos e persistindo na construção de uma cidade melhor”, completou.

E quem tem orgulho de fazer parte desta história é Maria Cleonice Costa Lima, servidora pública municipal há mais de 40 anos. “Gosto muito de trabalhar na Prefeitura, dos servidores, dos meus colegas da Secretaria Municipal de Administração. É um serviço muito gratificante”, disse a servidora que atua na Divisão de Registro da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema).

Despedida

Aproveitando o momento de confraternização dos servidores, o secretário de Administração e Recursos Humanos, Francisco Canindé, se despediu da pasta, onde esteve nos últimos dois anos, ocupando os cargos de secretário executivo e, no último ano, como secretário. “Nossa vida é uma roda gigante e nós somos soldados convocados para trabalhar por Teresina. Depois de muitos anos, voltei à Sema, que considero minha casa, e hoje deixo a secretaria para assumir outro compromisso junto a Secretaria Municipal de Finanças. Agradeço a minha equipe, os servidores da Sema, pelo apoio dos últimos anos e também parabenizo todos os servidores que, diariamente, imprimem sua marca na nossa cidade”, destacou.

Além do coffee break, o Dia do Servidor Público Municipal contou com a animação de Flávio Moura e Banda, apresentações culturais, serviços de beleza, como manicure e maquiagem, além de oficinas de pintura e distribuição de mudas de plantas. Tudo em parceria com as diversas secretarias municipais.

Fotos: Rômulo Piauilino/PMT e Ascom Sema

Dia do Servidor Público será comemorado amanhã; veja a programação

Os servidores públicos municipais são os convidados de honra da programação preparada pela Prefeitura de Teresina para a manhã desta sexta-feira (26). Em comemoração ao Dia do Servidor Público, haverá a celebração de uma Missa em Ação de Graças na Igreja Nossa Senhora do Amparo, que está localizada na Praça Rio Branco.

“A missa está marcada para às 9h e, logo em seguida, vamos nos reunir no pátio da Semcaspi [Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas], onde haverá uma série de atividades, como coffee break, atrações culturais, serviços de beleza e outras ações, tudo resultado de uma parceria entre as secretariais municipais”, explica Francisco Canindé, secretário municipal de Administração e Recursos Humanos.

Nacionalmente, o Dia do Servidor Público é comemorado em 28 de outubro. Contudo, como este ano a data cai em um domingo, a Prefeitura de Teresina antecipou as comemorações para esta sexta-feira, dia 26 de outubro. “Enviamos um ofício para todas as secretarias e contamos com a presença dos nossos servidores municipais para participar deste momento de reflexão e confraternização”, finaliza Canindé.

Prefeitura prepara comemorações do Dia do Servidor Público

A Prefeitura de Teresina está preparando uma série de atividades para comemorar a passagem do Dia do Servidor Público, que, anualmente, é lembrado em 28 de outubro. Como este ano a data cai em um domingo, a Administração Municipal decidiu antecipar as festividades para sexta-feira (26).

De acordo com o secretário de Administração e Recursos Humanos, Francisco Canindé, às 9h, será celebrada uma missa em ação de graças na Igreja do Amparo, localizada na Praça Rio Branco, Centro de Teresina. “Este ano, vamos realizar a missa na Igreja do Amparo, um ambiente mais amplo e confortável para receber os servidores. Esperamos que representantes de todos os órgãos municipais possam participar desse momento de reflexão e confraternização”, pondera o gestor.

Após a celebração, haverá o corte do bolo, coffee break e outras atividades no pátio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). “Será uma manhã de atividades voltadas para o servidor municipal, para reconhecer sua importância dentro da Prefeitura de Teresina, pois, sem eles, a cidade não seria mesma”, conclui Canindé.

Sintomas e importância do diagnóstico precoce do câncer de mama são apresentados aos servidores municipais

Sendo o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres, o câncer de mama foi tema de uma roda de conversa nesta quinta-feira (18) na Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema). Reunindo servidores de outras secretarias, o encontro, organizado pelo Núcleo de Desenvolvimento e Recursos Humanos da Sema (Nuderh), apresentou a importância da mulher conhecer seu corpo, observar alterações e ficar atenta para o diagnóstico precoce da doença.

A enfermeira Ketiana Guimarães, da Fundação Municipal de Saúde (FMS), listou alguns dos sintomas que podem indicar a necessidade de uma investigação médica. “Se você notar a pele da mama rugosa, avermelhada, alterações no bico do peito, nódulos embaixo das axilas e do pescoço, ou saída espontânea de líquido do peito quando você não está amamentando, deve procurar um médico e relatar estes sinais para que ele passe os exames necessários para investigação”, explica.

Como o câncer de mama não tem uma causa única, Ketiana alerta que é preciso observar os fatores de risco da doença, que incluem questões comportamentais, hormonais, genéticas e outras. “Estão entre os fatores de risco a obesidade, o sedentarismo, consumo de bebida alcóolica, exposição a radiações ionizantes, como o raio X; se a primeira menstruação da mulher foi antes dos 12 anos, se a primeira gravidez foi após os 30 anos, se usou por muito tempo contraceptivos orais, se há histórico familiar da doença, entre outros fatores”, descreve.

E para prestar assistência a essas mulheres, a FMS, em parceria com a Fundação Maria Carvalho Santos, disponibiliza pelo SUS o projeto Mama Cajuína. A ação objetiva garantir que todas as mulheres de Teresina, na faixa etária de 40 a 69 anos, tenham a oportunidade de realizar mamografia e as condutas em cima do resultado dos exames no prazo estabelecido em lei. Aquelas que têm seus exames normais o recebem de volta, e aquelas que tiverem alteração na mama são examinadas por mastologistas da Fundação Maria Carvalho Santos, com realização de biópsia se houver necessidade. Após a realização da biópsia, essas mulheres serão encaminhadas para um centro tratador, como o Hospital Universitário. Para participar do projeto, a mulher deve marcar sua consulta através da Atenção Básica, que encaminhará os demais procedimentos.

A roda de conversa desta quinta-feira foi em alusão à campanha Outubro Rosa. O movimento nasceu na década de 1990 para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. “É preciso desfazer as crenças e encarar o diagnóstico e tratamento para chegar a cura”, finaliza Ketiana Guimarães.

Rede Feminina divulga ações de apoio e assistência a pacientes com câncer

Também esteve presente na roda de conversa na Sema uma equipe da Rede Feminina de Combate ao Câncer no Piauí (RFCC), que realiza ações em prol do bem-estar dos pacientes oncológicos em situação de vulnerabilidade social no Estado. E para cumprir sua missão, a entidade, que é mantida através de doações e trabalho voluntário, desenvolve cinco projetos inteiramente gratuitos: Projeto Alertar, Projeto Aliviar, Projeto Abrigar, Projeto Alimentar e Projeto Apoiar.

“Especificamente na área do câncer de mama, nós trabalhamos em parceria com alguns órgãos e empresas na doação de próteses mamárias, reconstituição mamária, confecção de perucas, tudo para que a paciente se sinta melhor, retome sua autoestima e possa levar sua vida normalmente. E com todo esse trabalho, já conseguimos reduzir de 75% para 4% o índice de abandono do tratamento, então, estamos salvando vidas e oferecendo qualidade de vida para esses pacientes”, destaca Rosália Sousa, voluntária da RFCC.

Por ser uma entidade sem fins lucrativos, a Rede Feminina de Combate ao Câncer no Piauí conta com a solidariedade da população para continuar atuando, inclusive no Hospital São Marcos e com o Lar de Maria, por exemplo. Quem tiver interesse em colaborar com a causa pode fazer sua doação através das contas:

Caixa Econômica Federal

Poupança: 7935-6

Agência: 641

Operação: 013

 

Banco do Brasil

Conta Corrente: 42396-3

Agência: 4249-8

 

Para mais informações sobre os projetos desenvolvidos pela RFCC, a voluntária Joelma Chinelate disponibilizou seu número de telefone: (86) 99435-7377.

 

Roda de conversa vai tratar sobre câncer de mama com servidoras da Sema

Em alusão à campanha Outubro Rosa, o Núcleo de Desenvolvimento e Recursos Humanos da Sema (Nuderh) está organizando uma roda de conversa sobre o câncer de mama. O encontro acontece nesta quinta-feira (18), às 9h, no auditório da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos.

Segundo Nildene Lages, assistente social do Nuderh, a roda de conversa tratará da importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença. “Para intermediar a conversa, convidamos representantes da Fundação Municipal de Saúde e da Rede Feminina Estadual de Combate ao Câncer do Piauí. Enquanto a FMS falará das questões de saúde, a Rede Feminina apresentará seus projetos de assistência e apoio aos pacientes e familiares”, explica.

O movimento Outubro Rosa nasceu na década de 1990 para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Sema e TCE-PI preparam encontro de capacitação sobre licitações

As equipes responsáveis pela elaboração e execução dos procedimentos licitatórios no âmbito municipal vão passar por um treinamento promovido pela Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) em parceria com o Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI). Os temas e as principais diretrizes da capacitação foram discutidas hoje (4) durante uma reunião na Sema.

“Nosso objetivo é melhorar em qualidade e tempo as licitações realizadas pela Prefeitura de Teresina. E, para tanto, contamos com a ajuda do TCE que, mesmo sendo um órgão fiscalizador, é um parceiro importante neste processo de tornar a Prefeitura de Teresina referência na realização dos procedimentos licitatórios”, destaca o secretário executivo da Sema, Franzé Chaves.

Para o auditor de Controle e chefe da Divisão de Controle de Obras Rodoviárias do TCE-PI, Leonardo Chaves, o treinamento será uma ótima oportunidade, tanto para as equipes do município como para o próprio Tribunal de Contas do Estado. “Junto com a Sema, vamos sensibilizar esses servidores da importância do planejamento para o sucesso das licitações, mas também vamos aproveitar o encontro para coletar os principais gargalos neste processo, que nos ajudarão a propor instruções que possam fazer o sistema evoluir”, pondera.

O primeiro treinamento deve ocorrer no final do mês de novembro focado nas equipes que trabalham com licitações de obras. “Em um segundo momento, vamos reafirmar esta parceria com uma capacitação para as equipes que atuam nas licitações de compras e serviços, pois as especificidades dessas duas modalidades são diferentes”, revela Franzé Chaves.

Além do chefe da Divisão de Controle de Obras Rodoviárias do TCE-PI, Leonardo Chaves, participaram da reunião Bruno Cavalcanti, diretor da Diretoria de Fiscalização de obras e serviços de engenharia do TCE-PI (DFENG); Rogeaneo Almeida, assistente de controle externo da DFENG; Filomena Alves, gerente do Centro de Capacitação dos Servidores Públicos Municipais da Sema; João Emílio Lemos, coordenador da Central de Licitações da Sema; Oscar Briozo do Nascimento Filho, assistente de apoio da Central de Licitações e Arimateia Quinto, gestor do Sistema de Monitoramento de Ações, Projetos e Programas (Simapp).

 

Ouvir sem críticas e julgamentos ajuda pessoas com ideação suicida, orienta CVV

Setembro é o mês de reflexão sobre a prevenção do suicídio e, para multiplicar as informações acerca do tema, uma equipe do Centro de Valorização da Vida (CVV) mediou uma roda de conversa com os servidores da Prefeitura de Teresina. O evento aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) e contou com a participação de servidores de diversos órgãos municipais.

Uma das principais dicas repassadas pelo CVV foi para as pessoas se mostrarem disponíveis para ouvir o que o outro tem a dizer, sem fazer críticas ou julgamentos. “Muita gente diz que não sabe o que falar quando uma pessoa lhe procura para desabafar. Mas, às vezes, você nem precisa falar, só em estar ali, disposto a ouvir, a ajudar, faz com que essa pessoa perceba que ela é importante e alivie mais aquela pressão que ela está sentindo”, indica o voluntário do CVV, João Rufino.

E para ajudar a identificar que alguém está passando por problemas e que precisa de ajuda, Rufino destaca alguns sinais. “A pessoa pode se mostrar ambivalente, ela quer viver, mas não quer viver com aquela dor; ou então o desejo de vingança, por exemplo, ela acha que o outro não sente aquilo que ela está sentido e por isso vai tirar a própria vida para que ele sinta essa dor; também há o desejo de fugir de uma situação difícil, de ir para um lugar melhor, de procurar paz. Nem todas as pessoas com ideação suicida apresentam todos estes sinais, mas qualquer um deles é sinal de alerta para quem está perto”, afirma.

O voluntário do CVV destaca ainda que, apesar da sociedade ainda vê este tema como um tabu, é imprescindível falar sobre ele. “Estudos revelam que 20 minutos de conversa são suficientes para aliviar aquela pressão que a pessoa está sentido. Falar é a melhor solução”, acredita, acrescentando que, atualmente, cerca de 45 brasileiros morrem por dia vítimas do suicídio.

A coordenadora do CVV, Maria Zélia Soares Feitosa, por sua vez, destaca que apesar da alta demanda, a rede de prevenção no Piauí é bastante forte. “O Piauí é um dos estados que mais promove ações de prevenção do suicídio, mas, ainda assim, a demanda é grande. Por isso, sempre digo que a prevenção é uma tarefa para muitas mãos”, conclui.

O CVV presta apoio emocional gratuito, 24 horas por dia, através do número de telefone 188. A entidade é uma das mobilizadoras do Setembro Amarelo, uma campanha mundial de prevenção ao suicídio e valorização da vida.

Relato

Sarah Vianna é servidora da Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan) e aproveitou a roda de conversa para reforçar a importância de se procurar ajuda. “Passei dois anos lutando contra uma depressão, que até o diagnóstico demorou a ser dado, alguns diziam que era depressão, outros diziam que não. E quando comecei a tratar, com auxílio de medicamentos, percebi que eu precisava mudar. Busquei terapias alternativas e hoje sou terapeuta holística, mas, antes de tudo, eu precisei me curar, me conhecer para conseguir tratar o outro. Nós temos que desapegar do julgamento e da crítica”, disse.

A roda de conversa sobre a campanha Setembro Amarelo foi promovida pelo Núcleo de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Sema (Nuderh/Sema), como parte do programa de qualidade de vida do servidor, que é desenvolvido no órgão.

Roda de conversa discutirá suicídio com servidores da administração municipal

Os servidores da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) estão sendo convidados para participar de uma roda de conversa sobre suicídio. O encontro está marcado para às 9h desta sexta-feira (28), no auditório da secretaria.

Segundo a assistente social Nildene Lages, do Núcleo de Desenvolvimento e Recursos Humanos da Sema (Nuderh), a ação é alusiva ao Setembro Amarelo, uma campanha mundial de prevenção ao suicídio. “Este é um tema de muita relevância, principalmente porque Teresina apresenta números alarmantes de suicídio”, justifica.

Para conversar com os servidores, foi convidada Maria Zélia Feitosa, coordenadora do Centro de Valorização do Vida (CVV), uma das entidades mobilizadoras do Setembro Amarelo no Brasil e que atua em Teresina prestando apoio emocional gratuito 24 horas por dia, colaborando com a prevenção do suicídio.

Gestores da Secretaria Municipal de Administração participam de treinamento sobre o eSocial

O secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Francisco Canindé, ao lado dos gestores da Supervisão de Pessoal da pasta, participa nesta quarta-feira (29) do II Ciclo de Palestras sobre o eSocial para Órgãos Públicos. O evento, promovido pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), através da Escola de Gestão e Controle Alcides Nunes, visa apresentar aos órgãos públicos os principais pontos do projeto para os servidores envolvidos na implantação do eSocial.

O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) foi instituído pelo Decreto 8.373/14 e é um programa do Governo Federal que envolve a Receita Federal, o Ministério do Trabalho, o INSS e a Caixa Econômica Federal.

Seu principal objetivo é a consolidação das obrigações acessórias da área trabalhista em uma única entrega. Ou seja, o eSocial irá unificar o envio de informações referente aos trabalhadores das empresas. Com a plena implantação do E-Social, o profissional de RH fará em um único envio todas as informações relevantes para CAGED, GFIP, RAIS, etc.

“Este treinamento é muito importante para nós que compomos a administração pública, pois, a partir de janeiro, o eSocial será implantado e todas as informações dos servidores serão unificadas em um único sistema”, defende Francisco Canindé.