Está marcado para o dia 12 de março a licitação que irá definir a empresa responsável por construir a nova ponte sobre o Rio Poti, ligando o bairro Água Mineral, na altura do balão da Coca-Cola, à Universidade Federal do Piauí (Ufpi), próximo ao setor de esportes. A abertura do certame será às 9h, na Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema).

Segundo o coordenador da Central Permanente de Licitações da Sema, João Emílio Lemos Pinheiro, o certame será na modalidade concorrência. “Em geral, nesta modalidade, vence a empresa que ofertar a menor proposta de preço e comprovar capacidade técnica para execução do serviço. A empresa precisa atender a todos os requisitos dispostos no edital de lançamento da licitação”, explica Lemos, acrescentando que o edital do certame está disponível tanto na Sema quanto no Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI).

A nova ponte sobre o Rio Poti terá 240 metros de comprimento, quatro faixas de rolamento, com possibilidade de ampliação para mais faixas; vias para ciclistas e pedestres, e piso tátil para cadeirantes e deficientes visuais. Segundo o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, esta ponte é a concretização de uma demanda antiga da população da zona Norte.

“Esta é uma importante obra para a cidade de Teresina e que contempla o plano de mobilidade urbana da gestão do prefeito Firmino Filho. Plano este que visa melhorar a fluidez do trânsito da cidade, desafogando congestionamentos, sobretudo em horário de pico, e dando ao teresinense mais uma alternativa de se deslocar entre as zonas Norte e Leste”, pondera o gestor.

A obra tem valor estimado em R$ 38.636.636,08, que devem ser pagos com recursos federais e contrapartida da Prefeitura de Teresina. O prazo previsto para entrega da ponte é de cerca de 14 meses, contados a partir da assinatura da Ordem de Serviço.

*Imagem divulgação SDU/Centro-Norte