O leilão de bens inservíveis e/ou antieconômicos, realizado nessa quarta-feira (18) pela Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), conseguiu arrecadar cerca de R$ 211 mil. O montante vai direto para a conta única da Prefeitura de Teresina e pode ser utilizado para a compra de novos bens.

Para o presidente da Comissão Paralela de Leilão da PMT, João Emílio Lemos Pinheiro, o resultado do leilão foi bastante positivo. “Colocamos em leilão itens que não possuíam mais serventia para o serviço público e conseguimos com isso gerar renda para poder adquirir novos bens que vão auxiliar na gestão do município”, pondera.

Ao todo foram leiloados 27 veículos (inclusive ambulâncias), uma moto, duas máquinas e materiais diversos. “Todos os lances iniciais foram superados, tivemos uma boa participação da comunidade e ficamos bastante satisfeitos com a economia gerada pelo leilão”, conclui João Emílio.