Membros e pregoeiros das comissões de licitação da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) estão participando de uma capacitação sobre balanço patrimonial e suas implicações nos certames. O treinamento, organizado pela Escola de Gestão de Teresina (EGT), começou nesta segunda-feira (11) e segue até quinta-feira (14), das 7h30 às 9h.

Henry Portela, auditor fiscal do município e instrutor da capacitação, detalha a importância desta relação entre o levantamento contábil das empresas interessadas em participar das licitações e o sucesso do procedimento.

“Esta semana, vamos discutir a relevância da análise dos balanços das empresas, índice de liquidez, rentabilidade e grau de endividamento. Pois, a partir deste estudo, é possível constatar a saúde financeira da empresa, se ela realmente tem capacidade de entregar a obra ou não, e assim evitar transtornos no decorrer do certame”, explica o auditor fiscal do município.

De acordo com o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, a demanda por esta capacitação surgiu devido ao processo de padronização dos editais de licitação do município.

“A demanda de licitações da Prefeitura de Teresina cresceu bastante, sobretudo este ano, e, para responder à altura, estamos adotando uma série de medidas para tornar os procedimentos mais ágeis, eficientes e transparentes, e esta capacitação, pensada junto com a Secretaria Municipal de Finanças, faz parte desse grupo de medidas”, acrescenta.

Nonato Moura reforça ainda que o treinamento vai dar mais segurança aos membros de comissões e pregoeiros quando da análise econômica e fiscal das empresas licitantes e sua capacidade de assumir compromissos.