A partir de 2020, os teresinenses irão contar com uma importante ferramenta de pesquisa: o Arquivo Público Municipal. A criação do novo espaço foi aprovada pela Câmara Municipal de Vereadores e sancionada pelo prefeito Firmino Filho esta semana.

De acordo com o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, a criação do arquivo surge da necessidade de modernizar a gestão de documentos e facilitar o acesso às informações públicas, conforme legislação federal, e vai beneficiar diretamente a sociedade, estudantes e pesquisadores.

“O Arquivo é necessário não apenas por conta do armazenamento de dados e registros dos servidores municipais, mas também para a população ter acesso à informação de forma mais rápida, precisa, para embasar suas pesquisas com documentos históricos e oficiais”, pondera o gestor.

Com toda a parte legal definida, a Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) agora trabalha para a estruturação física do Arquivo Público. “Vamos criar o manual do Arquivo, iniciar os trabalhos de higienização dos materiais, digitalização, indexação. Vamos estruturar toda a parte física e tecnológica para que, em fevereiro de 2020, a gente possa abrir o Arquivo para a população”, conclui Nonato Moura.